Redes e Ruas

Este site foi criado como parte de um projeto chamado #KDmulheres: Resgate, Inclusão e Protagonismo de Mulheres Escritoras, incentivado pelo edital Redes e Ruas, da Prefeitura de São Paulo. Nosso maior objetivo é democratizar o acesso das mulheres ao campo da escrita, bem como ampliar sua visibilidade no terreno da literatura, sabidamente dominado por homens.

Aqui, você encontrará, na aba “Entrevistas”, conversas com autoras diversas, falando sobre sua obra e seus posicionamentos como mulheres escritoras. Já na aba “Perfis” estão publicados os perfis históricos de algumas escritoras importantes para a história da literatura brasileira – a maioria delas, por um motivo ou outro, praticamente apagada dos registros oficiais. O “Mapa de Escritoras”, por sua vez, é um espaço colaborativo para as novas vozes da literatura brasileira se cadastrarem; assim, criaremos um mapeamento de escritoras brasileiras da nova geração.

A escolha de nomes de escritoras para iniciar este trabalho foi nosso maior desafio e nossa maior preocupação. Por isso, fizemos uma pesquisa entre nosso público, pedindo por sugestões de nomes. Na seleção final – limitada por natureza –, o critério da diversidade foi o que prevaleceu: escritoras de origens diversas, velhas e jovens, negras e brancas, muitas de fora do eixo Rio-São Paulo. A diversidade de estilos também é importante, de modo que há representadas tanto escritoras de prosa quanto poetas (e há ainda muitos estilos a explorar!). Muitos nomes, é claro, ficaram de fora, mas esperamos, no futuro do #KDmulheres, seguir contando a história de mais escritoras.

Por fim, de fevereiro a julho, conduziremos rodas de conversas com escritoras convidadas nas praças de Wi-Fi livre da cidade de São Paulo. Entre os temas, vamos discutir as questões de gênero na escrita e na literatura, pensar a produção feminina e debater a realidade da mulher negra, periférica, lésbica, trans, de estilo regional e inserida no meio digital. A programação estará sempre atualizada, com nomes e temas, na aba “Agenda”.

Com esse projeto, pretendemos, ao fim, ter criado um quadro diverso e representativo do que é ser escritora no Brasil, dando voz e protagonismo a mulheres.

Realização:

Este projeto foi contemplado pelo edital “Redes e Ruas” de Cultura Digital, Inclusão e Cidadania.

Pin It on Pinterest